Noticias
Publicado : sexta-feira, 28 de agosto de 2015
13:15
Por Portal Campinas News

Chinês que deu "carrinho" em Bolt pede desculpas e dá presente ao Raio

Depois de descer do pódio, onde acabara de receber a medalha de ouro dos 200m do Mundial de Pequim, Usain Bolt foi cercado por fotógrafos e cinegrafistas. Um deles abordou o jamaicano, mas não foi para pedir mais uma pose. Foi para pedir desculpas, com direito a presente. Na véspera, Tao Song havia perdido o controle do segway que o transportava e atropelou o homem mais rápido do mundo, derrubando-o na pista e causando apreensão no Ninho do Pássaro. Nesta sexta, no lugar do "carrinho", o profissional deu uma pulseira da amizade para o velocista e afirmou que também vai trabalhar nos Jogos Olímpicos do Rio, no ano que vem.

- Está tudo ok, sem ressentimentos - disse Bolt.

- Mesmo assim, mais uma vez, me desculpe - disse Song, colocando o presente no pulso do velocista.


Usain Bolt camera Tao Song acidente atletismo Mundial Pequim (Foto: Getty Images)Usain Bolt recebe o pedido de desculpas do cinegrafista Tao Song (Foto: Getty Images)



Usain Bolt camera Tao Song acidente atletismo Mundial Pequim (Foto: Getty Images)Tao Song coloca a pulseira da amizade em Usain Bolt, após o pódio (Foto: Getty Images)


O medo era que Bolt tivesse se lesionado, mas felizmente a queda foi mais feia do que grave. O Raio não teve nenhuma lesão decorrente do incidente e poderá correr normalmente pela Jamaica no revezamento 4x100m masculino. As eliminatórias e a final masculina serão disputadas neste sábado, com transmissão ao vivo do SporTV e Tempo Real do SporTV.com.


- Corri atrás de Bolt celebrando com os jamaicanos na altura do início da marca da largada dos 100m, aí ele voltou. Eu estava no segway, tive a infelicidade de bater no trilho e me desequilibrei. Estava só focado na câmera, e aí o acidente aconteceu. Fiquei assustado de machuca-lo. Não é difícil me equilibrar e filmar. O difícil é olhar para o que estou filmando e para o caminho na minha frente – disse Song, acrescentando que trabalhará nos Jogos do Rio, em entrevista ao SporTV.


Passado o susto do tombo, Bolt levou a questão com bom humor. Em entrevista coletiva realizada após a prova, brincou que o câmera havia recebido dinheiro de Justin Gatlin, principal adversário do recordista mundial em Pequim e que ficou com a prata tanto nos 100m quanto nos 200m.


- O rumor é que (Justin) Gatlin o pagou. Mas eu estou bem – garantiu.


- Vou pedir meu dinheiro de volta – respondeu Gatlin, bem humorado.


Bolt afirmou que o câmera que o derrubou já havia pedido desculpas pelo ocorrido e demonstrou preocupação com o estado de saúde dele, já que o chinês caiu de mau jeito.


- Fiquei assustado quando aconteceu, fiquei com medo de machucar minhas pernas. Mas não seria a primeira vez. Estou bem e vou correr tranquilo. O câmera me pediu desculpas, mas ele ficou pior do que eu, porque caiu de costas, não sei se bateu a cabeça. Espero que também esteja bem – disse, na coletiva.

Usain Bolt camera Tao Song acidente atletismo Mundial Pequim (Foto: Getty Images)Usain Bolt foi atropelado pelo cinegrafista Tao Song depois da prova dos 200m rasos (Foto: Getty Images)
Via G1

Portal Campinas News 13:15 ,

Portal Campinas News on 13:15 , . .

0 comentários for "Chinês que deu "carrinho" em Bolt pede desculpas e dá presente ao Raio"

Deixe um Comentário! Será um Prazer Ter a sua Interação Conosco!