Noticias
Publicado : domingo, 19 de abril de 2015
18:38
Por Portal Campinas News

População aprova a redução da maioridade penal

A discussão sobre a redução da maioridade penal intensificou-se nos últimos dias, após a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) sobre a redução da maioridade penal de 18 para 16 anos ser aprovada, no dia 31 de março, pela Comissão de Justiça da Câmara de Deputados. Agora, deve passar por nova votação na Câmara dos Deputados e, depois, também, pelo Senado.

A equipe do JORNAL DE UBERABA percorreu vários bairros da cidade e, de acordo com um dos argumentos dos entrevistados, a impunidade está gerando mais violência. Os jovens de hoje têm consciência de que não podem ser presos e punidos como adultos. Por isso, continuam a cometer crimes. Um detalhe que chama a atenção é que os 12 entrevistados pelo JU foram vítimas de criminosos que eram menores de 18 anos.
O acadêmico do curso de Direito Darci Vieira da Silva pondera que o Estado se esquiva de sua verdadeira obrigação na ressocialização e cuidado com o cidadão, dentro ou fora das cadeias. “Quando cria mais e mais leis, devolve o problema à sociedade. Na verdade, temos um emaranhado de inofensivas leis que gera desconforto e cria um ambiente tenso nas relações sem propósitos. Esta proposta de redução da maioridade será uma destas leis, que não conseguirá atingir a finalidade real. Daqui a pouco, virá o Estado propondo impostos para a manutenção de mais e mais presídios precários e investimento na segurança”, explanou.



João Roberto Pazzeto – “A redução da maioridade penal iria proteger os jovens do aliciamento feito pelo crime organizado, que tem recrutado menores de 18 anos para atividades criminosas, sobretudo, relacionadas ao tráfico de drogas. Na minha opinião, dependendo do crime que o menor de 18 anos cometer, deve ser responsabilizado sim”.



Rony Rodrigues – “Sou totalmente a favor que aprovem a redução da maioridade penal para 16 anos. Fui vítima de assalto e, para minha surpresa, o criminoso tinha 16 anos”.



João Batista Ribeiro – “Se os menores são capazes de cometer crimes, eles têm que pagar pelo erro. Hoje em dia, eles desrespeitam os pais e os policiais. A lei tem que mudar”.



Renata Luciana das Neves – “Sou a favor. Tenho um estabelecimento comercial e já fui assaltada várias vezes e, sempre, os envolvidos eram menores de 18 anos. O pior é que eles ficam soltos e não se ressocializam”.



Carlos Eduardo Silva – “Os adolescentes aproveitam a impunidade e participam dos crimes. Hoje, a delinquência juvenil prevalece. Geralmente, dois criminosos realizam o crime e, com certeza, um é menor de 18 anos. Esse menor assume o crime, ficando ileso da prisão, e comete mais crimes”.



Gilberto Luiz Pazzeto – “Hoje, o menor assume o crime dos bandidos que são velhos conhecidos da Polícia Militar. Deve haver uma penalização rígida para esses menores, que de inocentes não têm nada”.



Maurício Rosa Silveira – “Sou a favor da redução da maioridade penal para 16 anos. Antigamente, os menores podiam trabalhar e era raro ter notícias de que estavam envolvidos em crimes. Hoje, eles não podem trabalhar, mas podem roubar, estuprar e matar, pois essa lei falida motiva mais ainda a criminalidade”.



Sônia Aparecida Mota – “Na minha opinião, deveria ser aos 10 anos. O adolescente com 14 anos tem a cabeça feita para o lado da crueldade, do que não presta”.



Zuleimar Antônio de Souza Pereira – “Sou a favor. Esses ‘meninos’ são homens da criminalidade. O número de menores envolvidos na criminalidade aumentou consideravelmente”.



Aline Arado de André – “Eles têm capacidade para pagar pelos erros, pois têm consciência do fazem. Eles têm a cabeça evoluída para o mal”.



Maria de Lourdes – “Sou favor que fiquem presos, caso cometam crimes. Passou da hora de reduzir a maioridade para 14 anos. Aliás, no Brasil, também tem que existir pena de morte, pois essa pena já existe há anos, mas para as pessoas honestas”.



Via
Jornal de Uberaba

Portal Campinas News 18:38 , ,

Portal Campinas News on 18:38 , , . .

0 comentários for "População aprova a redução da maioridade penal"

Deixe um Comentário! Será um Prazer Ter a sua Interação Conosco!