Noticias
Publicado : sábado, 23 de janeiro de 2016
08:59
Por Portal Campinas News

Defesa de Cooperativa investigada pelo MP diz que pagou vendedores para que contratos fossem fechados



O advogado Ralph Tórtima Filho, que representa o ex-presidente da Cooperativa Orgânica Agrícola de Familiar, Cássio Chebabi, afirmou que a organização teve de pagar alguns vendedores para fechar contratos com prefeituras de São Paulo.

Pelo menos 22 administrações municipais do estado são investigadas pelo Ministério Público, que apurou que a cooperativa participava de licitações para o fornecimento de merenda escolar e para celebrar os contratos, pagava propinas a funcionários públicos.

O Secretário de Segurança Pública de São Paulo, Alexandre de Moraes, não descartou o envolvimento de prefeitos e outros agentes públicos no esquema. Além do pagamento de propina, as investigações apontam superfaturamento dos preços que chegava a 30%.

O advogado Ralph Tórtima Filho afirmou em algumas situações a cooperativa acabou pagando alguns intermediários para garantir os contratos. O promotor do Gaeco de Ribeirão Preto, Leonardo Romanelli, disse que a cooperativa não era obrigada a fechar contratos com nenhuma prefeitura e que por isso, a tese apresentada pela defesa não teria sustentação.

Quatro dos seis presos em Bebedouro, onde a cooperativa está sediada, foram soltos depois de contribuírem com a investigação.


Via CBN CAMPINAS

Portal Campinas News 08:59 ,

Portal Campinas News on 08:59 , . .

0 comentários for "Defesa de Cooperativa investigada pelo MP diz que pagou vendedores para que contratos fossem fechados"

Deixe um Comentário! Será um Prazer Ter a sua Interação Conosco!