Noticias
Publicado : segunda-feira, 5 de outubro de 2015
19:21
Por Portal Campinas News

Governo protocola no TCU pedido para afastar relator de "pedaladas fiscais"


O governo protocolou nesta segunda-feira (5) no Tribunal de Contas da União (TCU) o pedido para que o ministro relator do processo das pedaladas fiscais, Augusto Nardes, seja afastado do caso. O documento foi entregue pelo advogado-geral da União, Luís Inácio Adams, ao presidente do TCU, Aroldo Cedraz.

O julgamento das contas está previsto para esta quarta-feira (7), mas interlocutores afirmaram que o TCU adiará por pelo menos 10 dias. A manobra procrastinatória do governo de alegar que Nardes não deveria manifestar sua opinião sobre o processo antes da conclusão do julgamento surtiu efeito e, nesta quarta-feira, o TCU irá julgar, em primeiro lugar, se Nardes é ou não suspeito. A tendência é que o TCU rejeite o pedido de suspeição por 8 a 0.

Adams entrega a Cedraz o pedido para afastar relator do processo sobre contas de Dilma
Adams entrega a Cedraz o pedido para afastar relator do processo sobre contas de Dilma
Em nota à imprensa, Nardes acusou o governo de estar tentando intimidar o tribunal. "O governo está tentando intimidar a mim e ao Tribunal de Contas da União mas não vamos nos acovardar. Realizamos um trabalho técnico de forma eficiente e coletiva na análise das contas”, afirmou o ministro relator.

Nelson Barbosa, Luis Inácio Adams e José Eduardo Cardozo após coletiva sobre contas de Dilma
Nelson Barbosa, Luis Inácio Adams e José Eduardo Cardozo após coletiva sobre contas de Dilma


Segundo um ministro do tribunal, Nardes tem feito “movimentos políticos em excesso que desagradam aos demais ministros, mas o tribunal não se sente confortável para julgar suspeição de colegas”.

Para o julgamento das contas, daqui a 10 dias, o governo tenta ainda obter o apoio de dois ministros do TCU, Walton Alencar e Benjamin Zymler. Conquistando estes dois votos, o governo passaria a contar com os votos dos 3 ministros ligados ao presidente do Congresso, Renan Calheiros: Bruno Dantas, Vital do Rego e Raimundo Carreiro.

O presidente do Congresso, como informou o JB, já antecipou aos colegas que não considera prioridade o julgamento das contas e que todos os ex-presidentes e muitos governadores também pedalaram. Renan Calheiros colocará as contas de 2014 no final da fila. Na fila para apreciação existem 12 prestações de contas dos anos de 2002 até 2013.


Via JB

Portal Campinas News 19:21 ,

Portal Campinas News on 19:21 , . .

0 comentários for "Governo protocola no TCU pedido para afastar relator de "pedaladas fiscais""

Deixe um Comentário! Será um Prazer Ter a sua Interação Conosco!